• Português
  • English
logo
  • Marque uma consulta
    (31) 3141 4294
  • Tire suas dúvidas
    (31) 9 8428 7983
  • Vaginoplastia

    Vaginoplastia

    Vaginoplastia é um procedimento cirúrgico para reconstituição da anatomia vulvo-vaginal. Visa ajudar mulheres que sofreram algum tipo de alteração vaginal, provocada por partos vaginais muito traumáticos, como tempo de parto muito prolongado ou recém nascido maior do que o normal. Pode também ser causado pelo enfraquecimento muscular devido à idade. Este alargamento ou frouxidão vaginal é um fenômeno natural e bastante recorrente. A região de enfraquecimento perineal corresponde a uma pequena área em formato de losango formada por músculos (esfíncters) e pele e que abrange desde a parte debaixo da vulva até o ânus. Geralmente são mulheres que sofrem de algum grau de incontinência urinária ou perda involuntária de urina ao tossir, espirrar, rir, ao fazer exercício físico, durante relações sexuais, ou seja, situações em que há um aumento da pressão interna do abdomen. Algumas mulheres querem apenas melhorar a aparência de sua genitália externa. recuperar a sua auto-estima e aumentar a sensação de “aperto” vaginal durante a relação sexual. A equipe cirúrgica é composta por dois cirurgiões plásticos Membros Titulares da SBCP e um Ginecologista especialista pela SBGO.

    Dúvidas frequentes

    1)       O que é Vaginoplastia?

    É a cirurgia que corrige o relaxamento da musculatura vaginal causada pela idade e pós-gravidez.

    2)       Qual a indicação da Vaginoplastia?

    Geralmente são mulheres com histórico de partos por via vaginal, com ou sem queixa de perda de urina aos esforços, sensação de alargamento vaginal, eliminação de flatos vaginais (ar) durante a relação sexual, perda ou diminuição do prazer sexual (falta de contato e atrito durante a penetração).

    3) Qual exame é fundamental além dos exames pré-cirúrgicos habituais?

    Habitualmente solicitamos um Estudo de Urodinâmica, exame capaz de avaliar o grau de incontinência urinária. A interpretação do exame pelo Ginecologista da equipe orientará no melhor tipo de tratamento (clínico-fisioterápico, cirúrgico ou ambos).

    4) Qual deve ser o preparo pré-operatório para realização da Vaginoplastia?

    É recomendado a realização de exercícios fisioterápicos para fortalecimento da musculatura pélvica, de acordo com orientação médica. Dois dias antes da cirurgia, utilizar dieta pobre em fibras, com baixo resíduo. No dia anterior a cirurgia, uso de laxativos para esvaziamento fecal intestinal. No dia anterior e no dia da cirurgia, limpeza íntima com sabonetes antissépticos . A tricotomia perineal deve ser executada uma semana antes ou imediatamente antes do início da cirurgia (dentro do bloco cirúrgico), nunca no dia anterior.

    5) Qual anestesia é mais usada?

    Local, peridural ou raquidiana, todas com sedação.

    6) Quanto tempo dura a cirurgia?

    A Vaginoplastia tem duração média de 60 a 90 minutos.

    7) Como é realizada a cirurgia?

    Através de uma incisão longitudinal no introito vaginal, procede-se o descolamento da mucosa posterior da parede vaginal, expondo a MAP (Musculatura do Assoalho Pélvico) e o esfíncter perineal. Executa-se a aproximação destes músculos, retirada do excedente da mucosa e da pele perineal, com fechamento simples e em V-Y.

    8) Onde ficará a minha futura cicatriz? Ela ficará visível?

    Parte dela se localizará na parede posterior da vagina (interna) e parte dela na região perineal (externa).

    9) Quais os cuidados no pós-operatório tardio?

    Usar compressas geladas, usar absorvente vaginal externo, lavar com Dermacid, aplicar cremes vaginais específicos, usar roupas íntimas mais folgadas, evitar exercícios físicos por 30 dias, evitar relações sexuais por seis semanas, entre outras.

    10) Quais intercorrências possíveis de acontecer?

    As complicações são raras, mas podem ocorrer no período imediato: sangramento excessivo, inchaço excessivo e infecção dentro das primeiras 72 horas de procedimento. Outras complicações tardias raras são a estenose ou estreitamento excessivo da vagina.

    11) A cirurgia é muito dolorosa?

    Sim, a cirurgia incomoda bastante nos primeiros dias, mas são receitados medicamentos analgésicos bem fortes, além de anti inflamatórios suposutórios no pós-operatório.

    12) O que posso esperar dos resultados da cirurgia?

    Você pode esperar uma vagina mais apertada, conseguindo alcançar e aumentar melhor o prazer sexual. Além disso, algum benefício no controle da perda de urina aos esforços.

    13) O que preciso fazer depois da cirurgia?

    Após um mês de cirurgia, você deve executar exercícios fisioterápicos de fortalecimento da MAP.

    14) Quando poderei ter relações sexuais?

    Após seis semanas (40 dias mais ou menos) de cirurgia.