• Português
  • English
logo
  • Marque uma consulta
    (31) 3141 4294
  • Tire suas dúvidas
    (31) 9 8428 7983
  • Labioplastia/ Ninfoplastia/ Redução de Pequenos Lábios Vaginais/ Cirurgia Íntima

    Labioplastia/ Ninfoplastia/ Redução de Pequenos Lábios Vaginais/ Cirurgia Íntima

    A Cirurgia Íntima, a Labioplastia ou a Ninfoplastia são as denominações dos procedimentos utilizados para reduzir os pequenos lábios vaginais. Este procedimento está indicado quando existe uma alteração estética e ou funcional, podendo levar desde um constrangimento  frente os seus parceiros sexuais, até a queixa de dor e ressecamento durante a relação sexual. Sempre que possível, deve-se evitar uma redução exagerada dos pequenos lábios vaginais, pois eles conferem uma proteção contra infecções (bacterinas ou fúnjicas). Mantendo-se a lubrificação local aumenta-se a proteção local.

    Dúvidas frequentes

    1) Quais são as causas de Hipertrofia de Pequenos lábios?

    A hipertrofia de pequenos lábios pode ter sua origem congênita (desde o nascimento) ou adquirida. Pode ocorrer em decorrência de uma irritação crônica, aumento exagerado de peso (piercings), ação hormonal exógena (Por exemplo: anabolizantes) ou disfunções hormonais endógenas.

    2) Como sei se meus pequenos lábios são aumentados ou hipertrofiados?

    Não existe um tamanho máximo ou mínimo dos pequenos lábios. Aceita-se, como padrão de normalidade, o conceito de que os pequenos lábios devem estar cobertos pelos grandes lábios. Da mesma forma, os pequenos lábios devem unir-se superiormente e assim, recobrir parcialmente o clitóris, principalmente quando a paciente estiver na posição em pé, com pernas fechadas, de frente para o observador.

    3) Qual a indicação para Ninfoplastia ou Labioplastia?

    A redução de pequenos lábios está indicada quando existe, na maioria das vezes, um constrangimento frente ao parceiro sexual. No entanto, a queixa de ressecamento vaginal pode também existir, e pode agravar-se com o período da menopausa.

    4) Como é a primeira consulta para cirurgia de Ninfoplastia ou Labioplastia?

    Na consulta inicial todas as queixas são ponderadas e o exame físico específico determina o grau de hipertrofia, bem como existência de assimetria entre os lábios menores.

    5) O que devo informar ao meu médico?

    Histórico de doenças, alergias, hábitos sociais (cigarro, bebidas alcoólicas, atividades físicas), uso de medicamentos, periodicidade do controle com ginecologista, histórico sobre vulvovaginites, possíveis corrimentos, vida sexual, história obstétrica/ginecológica e tratamentos já realizados.

    6) Tenho que realizar uma consulta prévia com um Ginecologista?

    Dependendo das alterações encontradas ao exame físico (corrimentos, vulvovaginites) ou queixas relacionadas com incontinência urinária, pode ser necessária uma avaliação prévia com o Ginecologista da equipe cirúrgica.

    7) Quais as técnicas cirúrgicas atualmente descritas para tratar a Hipertrofia de Pequenos Lábios?

    Existem quatro técnicas básicas para o tratamento da hipertrofia de pequenos lábios: 1) Ressecção longitudinal; 2) Ressecção em Cunha; 3) Zetaplastia; 4) Desepidermização. Cada uma apresenta vantagens e desvantagens. Converse com seu médico qual é a melhor técnica indicada no seu caso.

    8) Qual anestesia é mais usada?

    Local, peridural ou raquidiana, todas com sedação.

    9) Quanto tempo dura a cirurgia?

    A Ninfoplastia tem duração entre 30 a 50 minutos.

    10) Onde ficarão as minhas futuras cicatrizes? Elas ficarão visíveis?

    Cada técnica deixa um tipo de cicatriz, com uma localização específica. Dependendo da técnica, elas podem ficar imperceptíveis.

    11) Existe o risco de perder a sensibilidade?

    Existem técnicas cuja sensibilidade não é alterada. Em outras, a sensibilidade pode ficar alterada temporariamente. A maior sensibilidade sexual vem do clitóris, e esta não será alterada em nada.

    12) A Labioplastia é alterada com o Parto Normal? E o contrário?

    A Labioplastia não interfere em nada com o Parto Normal e vice versa.

    13) A Labioplastia é muito dolorosa?

    Não. O desconforto é facilmente amenizado com analgésicos habituais.

    14) Quais intercorrências comuns possíveis de acontecer?

    Edema exagerado (inchaço), equimoses (manchas roxas), deiscência de alguns pontos (abertura da sutura), sangramento discreto, entre outras.

    15) Quais intercorrências raras possíveis de acontecer?

    Deiscência completa da sutura, reação alérgica aos fios cirúrgicos, hematoma, infecção, entre outras.

    16) Quando poderei ter o resultado definitivo?

    Após a regressão completa do inchaço, em torno de 6 meses a um ano.

    17) Quando poderei retornar às minhas atividades físicas habituais?

    Após um mês de cirurgia.

    18) Quando poderei ter relações sexuais?

    Após umas seis semanas de cirurgia.